O Autor

Tião Lucena, nascido e criado em Princesa Isabel, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no no Jornal O Momento e no jornal de Agá. Nos três primeiros desempenhou as funções de repórter, editor político, editor do interior, chefe de reportagem e secretário de redação. Também foi vice-presidente da API e diretor do Sindicato dos Jornalistas. Cansou de trabalhar em jornais, cansou de patrões e resolveu criar um espaço somente seu na internet, onde pretende fazer um jornalismo sem cabresto e sem censura.

Contato
 
Últimos Posts
YouTube - Solange, a gaga de ilheus
Não dá mesmo para comparar
O BLOG DO TIÃO MUDOU DE NOVO E MUDOU PARA MELHORAR...
IMPRENSA DO SUL EXIBE A FOLHA CORRIDA DE ROBERTO C...
MARCELO WEICK É O NOVO PROCURADOR GERAL DO ESTADO ...
ARIANO EMPOSSADO PROCURADOR GERAL ADJUNTO DO ESTAD...
MINISTRO QUE LASCOU CÁSSIO TIRA LICENÇA MÉDICA
MARTA LARGA LUIZ FAVRE E JÁ PENEIRA AS ASAS PARA S...
EITEL DEIXA SECRETARIA E OS DELEGADOS FICAM "DISCO...
MINISTRO ADOECE E JULGAMENTO DE LAGO É ADIADO DE N...
Posts Antigos
22/06/08 - 29/06/08
06/07/08 - 13/07/08
13/07/08 - 20/07/08
20/07/08 - 27/07/08
27/07/08 - 03/08/08
03/08/08 - 10/08/08
10/08/08 - 17/08/08
17/08/08 - 24/08/08
24/08/08 - 31/08/08
31/08/08 - 07/09/08
07/09/08 - 14/09/08
14/09/08 - 21/09/08
21/09/08 - 28/09/08
28/09/08 - 05/10/08
05/10/08 - 12/10/08
12/10/08 - 19/10/08
19/10/08 - 26/10/08
26/10/08 - 02/11/08
02/11/08 - 09/11/08
09/11/08 - 16/11/08
16/11/08 - 23/11/08
23/11/08 - 30/11/08
30/11/08 - 07/12/08
07/12/08 - 14/12/08
14/12/08 - 21/12/08
21/12/08 - 28/12/08
28/12/08 - 04/01/09
04/01/09 - 11/01/09
11/01/09 - 18/01/09
18/01/09 - 25/01/09
25/01/09 - 01/02/09
01/02/09 - 08/02/09
08/02/09 - 15/02/09
15/02/09 - 22/02/09
22/02/09 - 01/03/09
10/05/09 - 17/05/09
Links
 
Anunciantes
 
Contador
No momento usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, pessoas visitaram esta página.

sábado, 16 de maio de 2009

YouTube - Solange, a gaga de ilheus
postado por Tião Lucena 0 Comentários

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Não dá mesmo para comparar
Miguel Lucena - Delegado e Diretor de Comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal.

O mano Tião Lucena, sempre preciso em seus comentários, arrojado na defesa de suas teses, comete erro primário ao comparar a importância da carreira de procurador do Estado c om a de delegado de Polícia.
Realmente, como ele diz, não dá para comparar. Ambos desempenham funções relevantes, são carreiras permanentes de Estado, mas o grau de relevância depende da ótica de quem faz a análise.
Se, por exemplo, uma família é mantida refém e precisa de um negociador com cursos no exterior e anos de experiência, a utilidade do procurador é nula. Se o tráfico de drogas estiver destruindo famílias e comunidades inteiras; se os bandidos estiverem dilapidando o patrimônio público de modo a que só uma investigação aprofundada possa descobrir os desvios, somente profissionais de Inteligência - entre eles, delegados competentes e abnegados - terão condições de desvendar o crime.
Por outro lado, se a análise for feita por réus pobres e seus familiares, importantes mesmo são os defensores públicos e não os procuradores.
Porém, se a questão for analisada sob a ótica dos interesses fiscais e litigantes do Estado, a importância dos procuradores do rei - função que já foi exercida pelos promotores públicos - é inegável.
Portanto, não há que se argumentar sobre quem tem mais importância, mas adotar o ponto de vista de que todos pertencem a carreiras de Estado, são bacharéis em Direito e devem ter tratamento digno e isonômico.
Em Brasília, felizmente, não temos esse problema: os delegados ganham R$ 21 mil e ainda querem mais. Os procuradores também ganham e querem mais. Argumentar contra é fazer, mesmo involuntariamente, o jogo dos deletérios que querem dividir para reinar.
postado por Tião Lucena 1 Comentários

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

O BLOG DO TIÃO MUDOU DE NOVO E MUDOU PARA MELHORAR
ATENÇÃO, LEITOR AMIGO, SURPRESA!!!! O BLOG DO TIÃO MUDOU E MUDOU PARA MELHOR. AGORA VEM COM .COM.BR. QUER VER COMO FICOU? ENTÃO ACESSE:



www.blogdotiaolucena.com.br
postado por Tião Lucena 2 Comentários

IMPRENSA DO SUL EXIBE A FOLHA CORRIDA DE ROBERTO CAVALCANTI

O senador recém empossado Roberto Cavalcanti não vai ter vida mansa no Congresso, mas tem o couro grosso e é capaz de aguentar. Ele ganhou as manchetes dos principais jornais do país de forma negativa. Empresário da área de comunicação e proprietário do Sistema Correio, Cavalcanti foi destaque não porque assumiu a cadeira no Senado com a renúncia do hoje governador José Maranhão (PMDB), mas, sim, por estar processado por corrupção.

Veja o destaca o Correio Braziliense e a Folha:


Empresário processado por corrupção assume vaga de Maranhão no Senado
FolhaNews

O empresário Roberto Cavalcanti Ribeiro, filiado ao PRB, vai assumir a vaga no Senado Federal aberta com a renúncia de José Maranhão (PMDB-PB) --que assume nesta quarta-feira o governo da Paraíba em substituição a Cássio Cunha Lima (PSDB), cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ribeiro responde a processo na Justiça Federal da Paraíba por suspeita de crimes como corrupção ativa e estelionato.

O empresário é acusado de participar de um esquema de cancelamentos indevidos de dívidas junto à União, que teria beneficiado mais de 80 empresas no Estado entre 1995 e 1999 --além do não pagamento de um financiamento de R$ 18,8 milhões junto à Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Será a segunda vez que Ribeiro, suplente de Maranhão, exercerá mandato no Senado.

Em 2006, o empresário assumiu o cargo por 120 dias em substituição a Maranhão --que na ocasião se licenciou do Senado para disputar o governo do Estado. Como Cavalcanti já foi empossado na Casa em 2006, desta vez Ribeiro não precisa tomar posse, apenas vai apresentar documentos necessários para o seu retorno ao Legislativo.

Empresário do ramo de comunicação, Ribeiro é proprietário do Sistema Correio de Comunicação, na Paraíba --cuja emissora é filiada à Rede Record. Filiado ao PRB, o senador será o segundo do partido a assumir uma cadeira no Senado, ao lado de Marcelo Crivella (PRB-RJ), que saiu hoje em defesa do empresário.

"Ele é um cidadão íntegro, não tem nada o que explicar a ninguém. O Senado espera que ele [Ribeiro] possa exercer o seu mandato à altura do senador Maranhão, que ele possa trazer para cá aquilo que a Paraíba espera dele", disse Crivella.

Suplente toma posse no Senado em meio a denúncias de prejuízo aos cofres públicos
GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

O empresário Roberto Cavalcanti (PRB-PB) assumiu nesta quinta-feira seu mandato no Senado Federal na vaga aberta com a renúncia do senador José Maranhão (PMDB-PB), que foi empossado ontem como novo governador da Paraíba.

Como Cavalcanti já foi empossado na Casa em 2006, quando Maranhão se licenciou do cargo por 120 dias, desta vez não precisou tomar posse de forma solene --apenas assumiu a vaga automaticamente com a renúncia de Maranhão.

O novo senador deve discursar à tarde no plenário do Senado, uma vez que assume o cargo em meio às acusações de prejuízo aos cofres públicos. Reportagem da Folha afirma que Cavalcanti enfrenta pelo menos duas ações penais na Justiça, por corrupção ativa e uso de documentos falsos.

O caso, que está na 3ª Vara da Justiça Federal da Paraíba, é conhecido no Estado como o "escândalo da Fazenda Nacional". Por causa do foro privilegiado, os processos vão agora ao STF (Supremo Tribunal Federal).
Segundo a reportagem da Folha, Cavalcanti é sócio e foi um dos diretores da Polyutil - Indústria e Comércio de Materiais Plásticos. A Polyutil, segundo acusação do Ministério Público Federal, usou ex-procuradores da Fazenda Nacional da Paraíba para reduzir ou cancelar ilegalmente débitos tributários referentes a 32 inscrições na Dívida Ativa da União.

Dessa forma, o débito da empresa foi reduzido, sem motivos e de forma irregular, diz a denúncia, passando de R$ 4,4 milhões para apenas R$ 38,7 mil. A redução ocorreu em 1997, 1998 e 1999.

A Procuradoria diz que os servidores promoveram alterações no sistema de informática da Dívida Ativa da União. Alguns débitos foram reduzidos para 10% do valor, outros, para 1%, e alguns, para 0,1%.

Segundo a denúncia, após as reduções, a empresa efetuou os pagamentos, o que permitiu a "regularização" de sua situação.
postado por Tião Lucena 1 Comentários

MARCELO WEICK É O NOVO PROCURADOR GERAL DO ESTADO DA PARAÍBA

O Diário Oficial desta sexta-feira traz a nomeação do advogado Marcelo Weick para o cargo de Procurador Geral do Estado. Marcelo era procurador da Prefeitura de João Pessoa e advogou para o governador Maranhão no processo que culminou com a cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima. Pertencente a nova safra da juristas paraibanos, goza de prestígio no meio da classe e desponta como um dos destacados valores no mundo jurídico do país. Os que privam de sua amizade dizem que ele é uma pessoa afável, educada e muito compenetrada naquilo que faz. Os procuradores gostaram da escolha. Veja abaixo o ato de nomeação:

Ato Governamental nº 1.656 João Pessoa, 19 de fevereiro de 2009.
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que
lhe confere o art. 86, inciso I, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto no art. 9º,
inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, e na Lei 8.186 de 16 de março
de 2007,
R E S O L V E nomear MARCELO WEICK POGLIESE, para ocupar o cargo de
provimento em comissão de Procurador Geral do Estado, Símbolo CDS-1.
Ato Governamental nº 1.657 João Pessoa, 19 de fevereiro
postado por Tião Lucena 1 Comentários

ARIANO EMPOSSADO PROCURADOR GERAL ADJUNTO DO ESTADO
O novo procurador geral adjunto, Ariano Wanderley, tomou posse oficialmente do cargo nesta quinta-feira à tarde, em solenidade presidida pelo presidente da Associação dos Procuradores do Estado, e presidente do Conselho dos Procuradores, Assis Camelo. Ariano foi saudado pelos colegas procuradores e por funcionários da Procuradoria. Seguidos por Assis Camelo, os demais membros da Procuradoria desejaram sucesso ao procurador geral adjunto.

O procurador Ariano Wanderley revelou que o desafio, junto com o governador José Maranhão, é o de reconstruir a Paraíba. Ele afirmou que a Procuradoria é a defesa judicial do Estado e vai se empenhar nesta reconstrução. E também disse que, em sua casa, vai ajudar o titular, que ainda vai ser nomeado pelo governador José Maranhão, a conduzir o importante papel da Procuradoria.

Ariano é procurador de carreira há 20 anos e agradeceu a receptividade dos colegas.
postado por Tião Lucena 0 Comentários

MINISTRO QUE LASCOU CÁSSIO TIRA LICENÇA MÉDICA
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, na sessão administrativa desta noite (19), que o ministro Joaquim Barbosa tire licença de 90 dias para que possa prosseguir tratamento de saúde. A licença vigora desde ontem, conforme decidiu o tribunal.

De acordo com o presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, o ministro Joaquim Barbosa apresentou atestado médico com expressa recomendação para que diminua a sua jornada de trabalho.

O médico recomendou ao ministro Joaquim Barbosa a redução da atividade noturna, para que possa repousar e o tratamento alcance sua eficácia. Como as sessões do TSE ocorrem à noite, o ministro solicitou afastamento ao TSE por um período para cumprir a determinação médica.

Joaquim Barbosa é ministro no Supremo Tribunal Federal (STF) e continuará suas atividades naquele tribunal.

O afastamento de ministro do tribunal para tratamento de saúde está previsto no Regimento Interno da Corte, na Constituição, e na Lei Orgânica da Magistratura Nacional.

Nestes 90 dias, Joaquim Barbosa será substituído pelo ministro Ricardo Lewandowski, que é ministro substituto no TSE e ministro do STF.
postado por Tião Lucena 0 Comentários

MARTA LARGA LUIZ FAVRE E JÁ PENEIRA AS ASAS PARA SUPLICY, O CORNO

A ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy (PT), 63 anos, e o franco-argentino Luis Favre não estão mais juntos, confirmou nesta quinta-feira a assessoria da petista. A separação foi decidida esta semana, após oito anos de relacionamento, segundo publicado na coluna de Mônica Bergamo, na "Folha de São Paulo ". Ainda segundo a colunista, o casal enfrentava crises há algum tempo e não conseguiu superar as divergências. Favre participou do jantar que Marta ofereceu em sua casa, em São Paulo, em homenagem à ministra Dilma Rousseff, na última sexta-feira.

A assessoria de Marta informou ainda que o casal não pretende falar sobre o assunto, nem divulgar nota, e que os dois "vão continuar bons amigos".

Marta e Favre assumiram namoro em agosto de 2001, quatro meses após a ex-prefeita encerrar uma união de 36 anos com o senador Eduardo Suplicy (PT-SP). A primeira aparição pública do casal aconteceu em setembro do mesmo ano. Suplicy, na época, afirmou que continuaria amando Marta para sempre e que aceitaria uma reconciliação, se ela quisesse voltar.

Nascido em Buenos Aires, Luis Favre, que é próximo dos petistas desde a década de 80, conheceu Marta em suas atividades políticas no Brasil. Ele morava na França, era assessor internacional do PT e se mudou para o Brasil por causa do relacionamento com a ex-prefeita paulista.

Marta e o franco-argentino se casaram em setembro de 2003 e tiveram como padrinhos o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a primeira-dama Marisa Letícia.
postado por Tião Lucena 2 Comentários

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

EITEL DEIXA SECRETARIA E OS DELEGADOS FICAM "DISCOSTAS" PRA ELE

Os delegados de Polícia vingaram-se do ex-secretário Eitel Santiago virando-lhe as costas na hora em que ele deixava oficialmente a Secretaria. Antes de sair do prédio do órgão, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, Santiago se despediu dos funcionários que trabalhavam diretamente com ele. Na ocasião, delegados que estavam em uma ante-sala aguardando o início de uma reunião com o novo secretário, Gustavo Gominho, deram as costas ao ex-secretário, como sinal de protesto.

Eitel morreu de preocupado, vai passar uns dez dias sem dormir.
postado por Tião Lucena 2 Comentários

MINISTRO ADOECE E JULGAMENTO DE LAGO É ADIADO DE NOVO

O vexame atendia pelo nome de Cássio Cunha Lima. Agora a lerdeza voltou ao TSE e quem saiu lucrando foi o governador do Maranhão, Jakcson Lago, que mais uma vez teve o seu julgamento adiado. Na primeira vez uma providencial suspeição do ministro Joaquim Barbosa adiou a sessão. Desta vez uma doençazinha sob medida do ministro Fernando Gonçalves mandou o julgamento para a próxima sessão do pleno. E assim, de adiamento em adiamento, Jakcson salva o mandato e brinca o carnaval trankilo.

O presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, informou que pouco antes de iniciar o julgamento soube que o ministro Fernando Gonçalves se sentiu mal, está sendo atendido no hospital e não poderia comparecer a sessão. No entanto, como Fernando Gonçalves estudou o processo e elaborou um voto sobre o caso, informou ao presidente do Tribunal que gostaria de participar do julgamento.

Assim, o julgamento foi adiado para a próxima sessão ordinária.Uma beleza.
postado por Tião Lucena 0 Comentários